quinta-feira, 23 de abril de 2009

AGOSTINHO FRANCO


Agostinho Franco foi um profissional perfeccionista na sua área de atuação, a construção civil. Uma das características desse homem, além do capricho, era o seu zelo pela limpeza nas obras, algo quase que inexistente quando se fala em canteiros de obras. Se era ele o responsável não havia sujeiras, tábuas com pregos ou refugos, pois antes de fechar o período de trabalho, todos os funcionários tinham que pegar a vassoura, enxadas e pás para retirar todos os entulhos, além de material que pudesse ser reaproveitado e outros que oferecem algum perigo.Nas suas obras não acontecia o tão costumeiro desperdício que assistimos em quase todo Brasil.

Os prédios construídos por ele estão aí como viva da competência, zelo e amor que tinha pelo seu trabalho, um exemplo a ser seguido.

Homem sério, enérgico mas ser mal educado, o Sr. Agostinho foi um daqueles personagens que sem saber ou sem levar em consideração, ajudaram no desenvolvimento da cidade nesses seus "100 anos de existência". E, por ter sido ele um exemplo de vida merece aqui um espaço e o nosso agradecimento.

Biografia de Agostinho Franco- enviada pela neta Gisele Franco Messias.

Agostinho Franco nasceu no dia 11 de Janeiro de 1907 em Cambuquira.

Casou-se com Elza Hoehne ,nascida em Sabará,filha de alemães.

O casal teve 21 filhos ,sendo que somente 12 sobreviveram.

Tirou a licença no CREA-Alfenas para assinar a construção da Creche Lar de Meimei ,que agora se chama Creche Cantinho Feliz

Fez várias construções em Cambuquira,como o Antigo Hotel Marimbeiro , azulejou a piscina do CTC, construiu a casa na Avenida Floriano Peixoto, onde agora funciona o Abrigo São Francisco de Assis,incluindo o piso da sala principal que até hoje continua o mesmo,foi feito por ele,peça por peça,uma verdadeira obra de arte,foi tirado o modelo do piso de uma revista alemã.

Ajudou na construção da Cúpula do Hotel Elite, Loja do Sr.Itamar Carim.

No Bairro Regina Coeli construiu a Venda do Sr.Zezé .

Fez a casa do Dr.Thomé Brandão.

Fez uma casa na Rua da Figueira e foi a primeira família a ter energia elétrica em casa , ele fez os postes de cimento e puxou a luz ,isto acabou beneficiando várias famílias.

Também fez outras casas de pessoas conhecidas na cidade,como: Sr.Antônio Menezes, Sr João Quatro Conto, Sr.José Dias ,Dr,Benedito Valias,Dona Geni,Sr.Oscar Marques,Dona Zuleika Pimenta , a casa do Sr.Sigmund Szabo, que era responsável pelo Observatório ,esta casa já foi demolida.

Também construiu uma casa para a sua família no Bairro Carioca,aonde minhas tias vivem até hoje.

Sempre foi um pedreiro exemplar, dedicado, com amor ao que fazia,respeito a natureza e um profundo conhecedor da Biblia ,sempre citava alguma passagem bíblica para os filhos,netos,me lembro de algumas,também era devoto de Nossa Senhora Aparecida.

Deixou 12 filhos,muitos netos,bisnetos,tataranetos e um ensinamento grandioso para todos nós da FAMÍLIA FRANCO:que não devemos temer nenhuma pessoa,que somos todos iguais perante a Deus, devemos respeitar as pessoas.

Ele faleceu em 18 de abril de 1994 deixando muita saudade em todos nós de sua família.

Cambuquira, 22 de abril de 2009

Na foto acima, Agostinho Franco, sua filha Sônia e a esposa D.Elza Hoehne.

Um comentário:

Marcos Batera disse...

Muito bom ver e poder guardar uma foto do Vô e da Vó...
Com certeza eles foram pessoas de destaque na história de Cambuquira...
Gostava muito de visitá-los quando ia passar minhas férias aí.
Parabéns Gisele por resgatar o passado de nossa família.
Não carrego "Franco" em meu nome (por contingências do destino), mas, sinto-me como se fosse um...
Beijos à todos os Cambuquirenses...!!!