terça-feira, 26 de maio de 2009

MARTHA ANTIERO.

A nossa eterna professora de português, que ela sabia ensinar como ninguém, nos deixou um vazio com a sua partida para o andar de cima, como diria o apresentador de tv.
A sua competência indiscutível marcou toda uma geração de alunos dos anos 60 e 70 no Ginásio Estadual Clóvis Salgado em Cambuquira.
A sua maneira especial de ensinar interpretando e inventando histórias era o ponto forte da sua docência, fator esse marcante que registramos indelevelmente nas nossas memórias.
Nas suas aulas, nenhum aluno ficava disperso e divagar em pensamentos. Pois, ela conseguia prender a atenção. Era exigente sem ser intransigente. Poucos não aprendiam com ela. E, se fizeram sucesso na vida, têm que agradecer a essa grande educadora.
Sabia dar valor aos estudantes e para isso tinha um caderno que ela intitulou como o"Livro de Ouro" onde registrou as melhores redações dos seus alunos.
Casou-se pela primeira vez com Francisco Pedalino Costa com quem teve dois filhos. Mais tarde, separada judicialmente, casou com Afrânio Lemos Siqueira, um dos sócio do antigo Hotel Empreza com quem teve uma filha.
Poeta e prosadora deixou algumas obras que infelizmente muitos cambuquirenses nem chegaram a conhecer.
A minha professora eu dedico com carinho esta página que escrevo, com muito receio de que ela lá do alto onde está, venha descobrir algum erro e me puxe as orelhas à noite.
Essa é uma pessoa que sem deixar obras visíveis na paisagem da cidade nos deixou um legado muito mais valioso, a cultura. E, por isso reservo para ela com muita gratidão em meu nome e em nome de outros tantos seus ex-alunos, um especial lugar entre os personagens que fizeram a história de nossa cidade.
descrição: É a obra cuja narrativa, flui em ritmo ligeiro, por vezes mesmo burlesco, mas que traz o travo amargo da crítica a uma estrutura social que, cruzando os braços, limita-se a sonhar com a volta ao passado, ou com a chegada de um homem providencial que resolva sozinho todos os problemas;


Descrição da obra no site Estante Virtual.


Alem dessa obra, ela escreveu ainda "A rede"(Ed. Record) à venda no sebo do Estante Virtual.


Ambos os livros editados pela Ed. Civilização Brasileira - Rj. (série coleção Vera Cruz).
Nota:Solicito aos seus ex-alunos que tiverem fotos, fatos e histórias dessa nossa grande professora que envie para este blog para que a homenagem seja mais fiel ao que ela merece.

Um comentário:

Meimei Corrêa disse...

Marta Antiero...
Não há um dia em que não pense nela. Sua maneira de ensinar e, ensinar valores, boas maneiras, ética, além da aula de português, deixou uma marca imensa na minha vida. Sempre falo isso aos meus filhos, passo a eles tudo o que aprendi com ela. Hoje, faço trabalhos escolares, lido com divulgação de poetas, compositores,
cantores, tenho um programa de rádio e, em tudo, o meu desempenho se dá por tudo o que ela nos deixou. Tenho orgulho de ter sido sua aluna e em português, eu obtinhas as maiores notas.
Um dos personagens de seu livro O DESAFIO AOS LIMITES, é meu pai, Argemiro Corrêa.
Fico feliz por ter essa oportunidade de ver aqui neste blog, pessoas que me são tão caras, que marcaram minha infância, minha adolescência e sinto saudade de todos. Fico feliz por poder falar do imenso carinho, respeito e admiração que nutri e nutrirei sempre por Martha Antiero.

Meimei Corrêa